O preço de uma vida.

Ontem, dia 2 de Junho de 2016, Priscila Gonçalves Leite, de 34 anos, moradora da localidade conhecida como ”Karatê”, na Cidade de Deus, foi sequestrada e encontrada morta nas proximidades da comunidade. Ainda não se sabe a autoria do crime e não foi descartada a possibilidade de ter sido um ataque de milicianos, porém podemos notar a repercussão, já que o caso chegou aos noticiários ainda pela tarde de quinta-feira e contou com o reforço do 18º Batalhão de Policia Militar, com o ” Caveirão” (blindado da polícia) e com o helicóptero Águia, para conter os diversos focos de tiroteio, que tomou conta de toda a comunidade, incluindo os Apartamentos.

O comércio logo cedo foi fechado. Muitas creches encerraram o expediente antes do fim do segundo turno e não houve aula durante a noite. O tiroteio foi tão intenso, que influenciou no trânsito dos arredores, que logo foi bloqueado pela CET Rio, causando um enorme engarrafamento nas proximidades.

O que se sabe até agora, é  que mais ou menos 3 pessoas ficaram feridas: uma senhora, um pedreiro e um barbeiro. Sem contar na quantidade de casas e carros que também foram atingidos pelos disparos, e os mais de 6 mil alunos que ficaram sem aula nesta manhã de sexta-feira (03/06/16) . A  população está inconformada com a perda prematura de Priscila e pede justiça.

 

CDD NA WEB - Por Tony Barros 1
CDD na Web – Por Tony Barros

 

Um comentário em “O preço de uma vida.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: