Manifesto a favor da consciência racial – Cidade de Deus

A tardia consciência sobre o racismo no Brasil

Em pleno seculo XXI, no ano de 2015, o Brasil se encontra em um dilema completamente nefasto no que condiz na qualidade de vida humana da população negra no país. Podemos utilizar vários exemplos estatísticos, conforme o Relatório Anual das Desigualdades Raciais no Brasil escrito pelo intelectual economista Marcelo Paixão, vários apontamentos que demonstram de maneira fatídica em quais condições vivem a população negra e mestiça,sendo ela maioria existente no país em comparação a população branca, que é a minoria. Diante essas diferenças alarmantes quais mudanças de contextos estruturais e institucionais estão verdadeiramente ocorrendo para que este terrível quadro se modifique, pois ainda persistimos numa pesquisa muito controversa que o autor citado anteriormente fez: a população brasileira confirma que há racismo, porém nega sua própria prática racista. Devemos refletir sobre está contraditória pesquisa e perguntar a nós mesmos será que vivemos uma Democracia Racial no Brasil ? Como havia formulado ideologicamente este pensamento o antropólogo Gilberto Freyre em seu livro Casa-grande e Senzala.

::: Programação :::

15h Concentração em frente a Upa [Ato de repúdio (silencioso) contra o episódio de racismo na unidade]

17:30 Passeata rumo a casa de direitos

18h Mesa: O Brasil é consciente do seu racismo?


Compondo a mesa:
– Awo Yaa (Médica Generalista)
– Rogério José de Souza (Historiador)
– Liz Guimarães (Forum das Mulheres Negras Cristãs)

20h Confraternização:

– Dudadjcdd Edu
– Djfulano Almeida Assis
– Paulinho Fernandes
– Adilson Dias

Endereços:

Upa – Rua Edgar werneck s/n, Praça Julio Groten

Casa de direitos – Rua Daniel, 84, AP – Cidade de Deus

Um comentário em “Manifesto a favor da consciência racial – Cidade de Deus

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: